O que visitar em Coimbra? Melhores atividades e atrações



Atenção senhores passageiros, hoje faremos uma viagem para a cidade do conhecimento. Cantada pelos fadistas ao longo dos séculos, Coimbra encanta quem nela vive e arranca suspiros de quem dela parte.

Coimbra é uma das cidades mais antigas da Europa, localizada na região central de Portugal e fica 120 km da cidade do Porto( ao sul) e 195 km de Lisboa( ao norte). Com aproximadamente 150 mil habitantes, a economia da cidade está fortemente ligada à universidade.


De tradição universitária, Coimbra em suas ruas, becos e ladeiras conta a história de gerações que passaram pela tradicional Universidade de Coimbra desde sua fundação em 1290. É por ela que iniciaremos nosso passeio. Mas antes vamos descobrir como chegar em Coimbra.


Como chegar em Coimbra?


De Lisboa


Comboio (trem):  No Aeroporto Humberto Delgado você encontrará indicações para o metro. Apanhe o metro até a Estação Oriente. Lá apanhe um comboio para Coimbra-B ( estação de trem que fica uns minutinhos afastada do centro). 
Em Coimbra-B você poderá apanhar um táxi para o centro da cidade, lembro que da última vez que utilizei um táxi gastei em torno de € 5 até o centro. 



Autocarro (ônibus): Partindo do Aeroporto, você poderá pegar um transfer que não custa mais de € 5 para a estação de ônibus em Sete Rios. Lá compre bilhetes para Coimbra, chegando na rodoviária de Coimbra você poderá ir a pé para o centro ou apanhar um táxi.

A viagem Lisboa-Coimbra dura em torno de 2 horas.


Do Porto

Comboio (trem):  Siga até a Estação de Campanhã e apanhe um comboio para Coimbra-B

Autocarro (ônibus): No Porto siga até a Garagem Atlântico. Compre bilhetes para Coimbra.

A viagem Porto-Coimbra dura em torno de 1h30.



Empresas operadoras: 

CP- Comboios de Portugal Clique aqui para comprar seus bilhetes antecipados.

Rede Expressos Clique aqui para comprar seus bilhetes antecipados.



O que visitar em Coimbra?


Pátio da Universidade de Coimbra visto da Torre da Cabra.
Pátio da Universidade de Coimbra visto da Torre da Cabra.



Universidade de Coimbra


A Universidade de Coimbra foi fundada  em 1290  por D.Dinis. A Universidade começou a funcionar em Lisboa, sendo transferida em 1537 para Coimbra.

No Pátio das Escolas se concentrava todas as faculdades, mas com o tempo a Universidade foi polarizada na cidade de Coimbra.

Os cursos mais tradicionais em Coimbra foram os de Leis( direito) e Medicina. Não é a toa que em novelas de época sempre ouço referências "ele é doutor de Coimbra".

Atualmente a Universidade de Coimbra conta com as faculdades de Letras, Direito, Medicina, Ciências e Tecnologia, Farmácia, Economia, Psicologia e Ciências da Educação, Ciências do Desporto e Educação Física.

A Universidade desde 2013 é patrimônio imaterial da Unesco. Os estudantes da Universidade de Coimbra são conhecidos como os capas negras, pois em seus trajes acadêmicos não contém emblemas ( muito comum em outras Universidades como a do Porto).

Anualmente para celebrar transições acadêmicas  são realizadas as festas das latas(latada) e a Queima das Fitas.

A seguir destacaremos alguns pontos de interesse na Universidade de Coimbra.

Biblioteca Joanina

Biblioteca Joanina
Foto divulgação/ reprodução via site oficial


A biblioteca Joanina é o espaço que todo visitante deve ir em Coimbra. A biblioteca é belíssima, rica em detalhes em madeira esculpida e ouro num estilo barroco Português. 

A biblioteca Joanina foi construída entre no século XVIII a pedido do Rei D. João, por isso recebe o nome de Joanina. Em 1750 já possuía cerca de 40.000 volumes em seu acervos dispondo de livros antiquíssimos.

A biblioteca é constituída de três pisos: o salão nobre onde estão os acervos, a prisão acadêmica e o piso intermediário.

A biblioteca tem três salas consecutivas, se observar o teto a primeira sala verá pinturas que representam os quatro continentes, na segunda sala  haverá outras pinturas no teto representando a honra,virtude, fama e a fortuna, já na sala seguinte são representação de algumas áreas de conhecimento como teologia,arte e música. Sempre ao centro de cada pintura haverá a representação mitológica da sabedoria. 

A Biblioteca Joanina abre a cada 20 minutos, permitido grupos com até 60 pessoas.

Torre da Cabra

Torre da Cabra_ Universidade de Coimbra


A Torre é o ícone da Universidade e da cidade de Coimbra. Da autoria do arquiteto italiano António Canevari, foi edificada entre 1728 e 1733 com 34 metros de altura.

A torre tem um relógio que era fundamental para orientar todo o funcionamento do cotidiano universitário. Para além das horas a torre tem um um sino que toca em certos horários.
Consigo fechar os olhos e ouvir as badalas do sino indicando o final de mais um dia  na Universidade de Coimbra.

Para visitar a Torre terá que subir seus 180 degraus um pouco que apertados, com a recompensa da vista espetacular da cidade de Coimbra e seu grande rio Mondego cruzando a cidade.



Jardim Botânico

Jardim Botânico da Universidade de Coimbra_desencaixotando a vida
Jardim Botânico da Universidade de Coimbra.

Localizado no coração da cidade de Coimbra desde 1772, fundado por iniciativa do marquês de Pombal. O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (UC) é o maior Jardim Botânico de Portugal.


Visitar o jardim botânico é como viajar pelo planeta sem sair da cidade de Coimbra, justamente porque o jardim conserva espécies vegetais de várias partes do mundo. 

Essa diversidade deve-se a expansão marítima portuguesa, essa despertou o interesse pela riqueza florística do mundo a fora.  O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra surgiu com um propósito de estudos nas áreas das História Natural e da Medicina.
Muitas e muitas vezes adormeci nos bancos próximo ao chafariz. O som da água caindo, o cheiro de verde e  terra molhada não tem preço!

Em qualquer época do ano o Jardim Botânico da UC é maravilhoso, conseguimos acompanhar as estações do ano com muita definição e beleza, esta última que não enriquece apenas os olhos, mas a alma. 


O Jardim para mim não é apenas um espaço de lazer, mas é uma ligação espiritual com o divino.

O Jardim botânico da Universidade de Coimbra para além de ser um espaço de lazer, também é um espaço de conservação e de especieis vegetais e toda forma de vida associada.

O Jardim abre todos os dias, exceto no dia 25 de Dezembro, 1 de Janeiro, dias do Cortejo da Latada e da Queima das Fitas. 


Horários:

  • Verão 

01 Abril a 30 Setembro das 9h00 às 20h00

  • Inverno 

01 Outubro a 31 Março das 9h00 às 17h30

Seguro Viagem com Desconto!

Planejando uma viagem para a Europa? Não esqueça que o seguro viagem lá é obrigatório. Clique aqui para encontrar os melhores preços. Ganhe mais 5% de desconto! Use o cupom DESENCAIXOTANDO5.







Para visitar a Universidade de Coimbra:


As instalações da universidade em si, são abertas, porém não convém estar circulando nos ambientes de estudos.


Porém as instalações turísticas podem ser visitadas em conjunto, com material guia fornecido no ato a compra do bilhete. E obviamente os estudantes da Universidade não pagam para ter acesso as instalações históricas.

Recomendamos um tour completo pela Universidade de Coimbra com o Programa de visitação 1 que inclui:


  • Paço Real (Salas dos Capelos, Exame Privado e Armas);
  • Capela de São Miguel;
  • Biblioteca Joanina (Piso Nobre, Piso Intermédio e Prisão Académica);
  • Laboratório Chimico
  • Colégio de Jesus: Galeria de Física Experimental (Sécs. XVIII e XIX);
  • Galeria de História Natural (Séc. XVIII).


Entrada: 12(doze) euros

Para incluir a Torre da Cabra no programa você paga + 1 (um) euro, se caso queira apenas subir a Torre você pagará 2 (dois) euros.



Horários:

Todos os dias: 9h00 às 19h00 | 24 e 25 de Dezembro: Fecha | 31 de Dezembro encerra às 14h00.





Sé velha e  Nova

Sé velha e  Nova_ CoimbraA Sé velha foi construída no século XIII, com seu tom de construção amarelado faz lembrar uma grande fortificação.

Nas escadarias da Sé acontece a serenata da festa estudantil da queima das fitas, anos após anos alunos da Universidade de Coimbra se reúnem com seus trajes acadêmico de cor negra para festejar a finalização do ano letivo em Portugal. Estas manifestações estudantis iniciaram segundo alguns historiadores a partir do século XIX.

Já a Sé nova foi construída e reformada entre os séculos XVI e XVIII. Na Sé nova ocorre tradicionalmente a missa da bença das pastas para os estudantes católicos ou simpatizantes do catolicismo. A missa é uma consagração dos estudantes finalistas.




Museu Machado de Castro


Museu Machado de Castro
Museu Machado de Castro - Foto divulgação/ reprodução via facebook
O Museu Nacional de Machado de Castro é um importante museu que abriga artes decorativas desde esculturas, pinturas e diversos artefatos arqueogeológicos. 

Foi inaugurado em 1913 com objetivo de expor ao público coleções históricas de arte nacional. Ocupa as antigas instalações do Paço Episcopal de Coimbra, deve ser por isso que a princípio faz lembrar uma igreja .



Entrada:  (seis euros)

Entrada + Autoguia: 7,50 €  (sete euros e cinquenta cêntimos)


Horários:



Todos os dias: Terça-feira  14h00 às 18h00  | Quarta-feira a domingo 10h00 às 18h00| 24 e 25 de Dezembro: Fecha |1 de janeiro: fecha  |1 maio: fecha |1 de junho: fecha  |Páscoa: fecha


Mosteiro Santa Clara a velha

Mosteiro Santa Clara a velha
Foto divulgação/ reprodução via facebook

O mosteiro de Santa Clara foi construído no século XIV a pedido da Rainha Isabel de Aragão, conhecida como Rainha Santa (considerada padroeira de Coimbra, cidade que segundo os devotos Isabel vivenciou muitos milagres de Deus).

O mosteiro fica as margens do rio Mondego, segundo relatos históricos o rio costumava inundar as instalações, então foram construídos pisos superiores, acima do nível da água. Porém atualmente, mesmo em épocas de cheias não se ouviu falar de inundações na região.

Em contra partida as construções próximas ao rio, já no século XVII o rei D João IV de Portugal mandou construir novas instalações do convento de Santa Clara num ponto alto da cidade de Coimbra, relativamente próximo ao Mondego. Essas novas instalações ficaram conhecidas como Santa Clara a nova.

Já fui a pé da Universidade de Coimbra até Santa Clara a nova e posso dizer que a caminhada é puxada! Principalmente para uma pessoa sedentária. Coimbra é uma cidade excelente para fazer exercícios, pois na cidade há muitas inclinações e áreas planas bem estruturadas, cercadas por um verde maravilhoso da vegetação.



Parque Verde


Parque Verde do Mondego_Coimbra


Em falar em local ótimo para fazer exercícios, não poderia deixar de fora o Parque Verde do Mondego. Como o nome já diz, o parque tem uma extensa área verde com aproximadamente 400.000 metros quadrados.


Adoro passeios no final da tarde no Parque verde, pois é possível contemplar a natureza com a luz do dia e ao cair da noite observar a iluminação noturna da cidade de Coimbra.



Não deixe de atravessar a ponte Pedro e Inês, ela foi construída com vidros coloridos nas laterais e durante a noite é um show a parte. Da parte mais alta da ponte é possível avistar a cidade e seu maravilhoso contorno do cimo da Torre da Cabra até a baixa de Coimbra

O Parque Verde é convidativo para fazer um piquenique e práticas de exercícios.  




Quinta das Lágrimas
Quinta das Lágrimas_Coimbra
Quinta das Lágrimas - Coimbra



A Quinta das Lágrimas abriga jardins e paisagens belíssimas, inspira um passeio no meio da tarde. 

O local ficou conhecido como o cenário da mais popular história de amor portuguesa: O romance de D. pedro I de Portugal e Inês de Castro. Eles se encontravam secretamente nesse local. Segundo a lenda Inês foi assassinada no local a mando do Rei Afonso IV por considerar uma imoralidade o romance do seu filho com a nobre, já que o príncipe era casado, diz a lenda que até hoje há a mancha de sangue de Inês de Castro nas pedras da quinta. 

Dona Inês de castro foi declarada rainha póstuma de Portugal, pois o príncipe havia se casado secretamente com Inês.

Na quinta atualmente existe um hotel de luxo.




Portugal dos Pequenitos
Portugal dos Pequenitos
Portugal dos Pequenitos - Foto divulgação/ reprodução via facebook



Portugal dos pequenitos é um parque temático onde é possível encontrar diversas miniaturas de momumentos históricos importantes em Portugal. O lugar é bem legal para levar crianças, adultos também podem se divertir muito ao conhecer os marcos dos quatro cantos do país em miniatura.


Entrada: 

  • Crianças até aos 2 anos 0,0€
  • Crianças (dos 3 aos 13) 5,95 €
  • Jovens e Adultos (dos 14 aos 64) 9,95 €
  • Séniores (a partir dos 65) 5,95 €
  • Família 1 (2 adultos e 2 crianças dos 3 aos 13) 26,75 €
  • Família 2 (2 adultos e 3 crianças dos 3 aos 13) 31,65 €
  • Crianças Extra (Família 2) 2,98 €




Horário:

  • De 01 de janeiro a 28/29 de fevereiro e de 16 de outubro a 31 de dezembro  das 10h00 às 17h00
  • De 01 de março a 31 de maio e de 16 de setembro a 15 de outubro das 10h00 às 19h00
  • De 01 de junho a 15 de setembro das 09h00 às 20h00





 Coimbra a pé







Essas foram algumas das atrações turísticas de Coimbra, sou apaixonada por essa cidade.  Sempre que possível farei postagens sobre como é viver em Coimbra.



Ingressos rápidos


Get Your Guide





Se gostou do nosso artigo partilhe com seus amigos e deixe seu comentário



Entre em contato com o Desencaixotando a vida também pelas redes sociais.


________________________________________
 Qualquer informação, dúvidas ou questões, por favor entre em contato aqui.

3 Comentários

  1. Que máximo esse lugar, certeza que já está na minha lista para conhecer! Quero muito!

    ResponderExcluir
  2. Uauuuuu visitar Coimbra seria um belo passeio heim? Gostei das dicas!

    ResponderExcluir
  3. Adorei conhecer um pouco de Coimbra pelas fotos. Quantos lugares maravilhosos para se visitar

    ResponderExcluir